História da Minha Vida

Fevereiro de 1984 – Partida do Bártolo Manuel para a África do Sul

Depois de uns bons anos no nosso convívio, íamos perder um elemento do grupo! O Manuel ia voltar de novo para a África do Sul, país onde ele já tinha estado em pequeno e onde os pais ainda se encontravam! Ainda me lembro da sua chegada, precisamente da África do Sul, e a integração no grupo! Teríamos os nossos 14 ou 15 anos (?), talvez menos e numa noite de fim de semana, o Mingos levou o primo a casa do Toni, onde estavamos reunidos para convívio! O Manel entrou um pouco desconfiado e calado e eu tentei quebrar o gelo, mandando umas piadas e tentando facilitar a sua entrada no grupo! Ele veio a revelar-se um elemento fundamental no futuro convívio que iríamos manter, com um papel bastante integrador e aglutinante do grupo! Todas as célebres noites de sexta feira, quando eu chegava do treino ou da faculdade e já noite ao entrar em minha casa, olhava para a casa do Manel e quando via luz, havia um súbito contentamento pois queria isso dizer que ele tinha vindo de fim de semana (ele estava na Força Aérea como cabo especialista) e significava umas noitadas bem passadas, primeiro em Gueifães no café e depois pela noite dentro em casa dele! Falávamos e discutíamos de tudo, do futuro e muito massacrávamos o Mingos! Bons tempos! Depois a continuidade como cabo especialista ficou comprometida, porque pelos vistos o interesse e estudo não era o necessário. A alternativa era imigrar de novo e tentar “construir” a vida lá, em África, onde ele estava mais ou menos à vontade!

Lembro-me que em Fevereiro do ano de 1984, fizemos um último treino na bouça, relembrando todos os treinos que lá fizemos, os acampamentos, os fins de semana que lá passamos (alguns magustos!) e muitas idas “dolce fare niente”! Depois fomos até à Maia e no Restaurante O Feiticeiro, os convivas habituais mais as “falecidas” lá fizemos um almoço de despedida, brindando ao Manel e à sua nova fase da vida!

Eu sabia e na altura lembro-me de ter pensado muito nesse facto, mas efectivamente a ida do Manel e a sua consequente saída do nosso grupo de convívio, veio alterar e muito a situação que por cá ficou! Como eu pensei na altura, a partir daí as coisas nunca mais seriam as mesmas! Tivemos que crescer um pouco mais e para mim foi até importante, pois eu também estava distraído na frequência do curso universitário e obrigou-nos a ser mais realistas e a assentar mais os pés na terra! Foi uma fase das nossas vidas que eu considero fundamental e ficou mais um amigo para toda a vida! Ainda vamos nos reunindo, normalmente às sextas feiras, para comer umas francesinhas e conviver como nos velhos tempos (Os Irmãos Metralha!).

Vou publicar aqui uma sequência de fotos (ainda não autorizada!) que retratam precisamente esses acontecimentos, o último treino na bouça e o almoço de despedida na Maia! Mando daqui um forte abraço aos meus amigos e irmão e que continuemos assim por muitos e longos anos, até que a morte nos separe! Cruzes canhoto!!!ImagemImagem

Imagem

Imagem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s