Acontecimentos em Diário

2017.04.25 – 43 Anos da Revolução!

2017-04-23 20.17.07

Mais um ano passado e mais um ano somado à conta da Revolução dos Cravos! Muito se tem escrito e falado e pensado acerca desta revolução e da sua razão de ser, dos seus objectivos, se foram ou não alcançados, etc. etc.
Na minha modesta opinião, penso que realmente a revolução veio “mexer” com o estabelecido e provocou a mudança de uma forma mais rápida. Contudo a mesma que deveria trazer mais justiça social, no final destes 43 anos, ficou muito aquém desse objectivo. O sistema é diferente, está também estabelecido, e as mudanças não são muitas nem serão muitas nos próximos tempos! Destaco hoje a insegurança por terrorismo, o ódio do futebol e clubismo, a corrupção, a impunidade de certas pessoas e organizações,  a ineficácia da justiça, a economia que não cresce (pergunto-me se deveria crescer?), o desemprego no geral e dos jovens em particular, as alterações do clima, a crise dos valores, a crise mundial, a ameaça da Norte Coreia, a ameaça do Trump (!), o renascimento das ultra-direitas, porque o povo continua sofrendo e a democracia não está a resolver os seus problemas, etc., etc.
As coisas não estão a correr bem por cá, país e família (?)! As oportunidades teimam em não aparecer, mas também se teima em as não aceitar ou enxergar sequer. Tenho cada vez mais a certeza de que este modelo de sociedade actual, que nos quiseram impor, de crescimento económico, de consumismo, que é um dos motores para esse mesmo crescimento económico, não resulta e leva cada vez mais a injustiças sociais, climáticas e humanas! Há uma tendência para sobrevalorizar os números em detrimento das pessoas e das suas vidas. A insensibilidade grassa e daí os radicalismos estarem a ressurgir com muita força. Este modelo de sociedade está esgotado e os políticos são ou corruptos ou “simpáticos” e assim penso que não vamos a lado nenhum! Precisamos novamente de estadistas, que sejam inteligentes e que se for preciso impor sacrifícios. que os imponham mas sejam honestos e visionários! Mas até aí, existe crise! Falei em sacrifícios e penso que aí precisamente reside o busílis da questão. Esta sociedade de consumo, com tanta informação à nossa volta, tem um déficit de coragem, de disponibilidade para o sacrifício em prol das gerações futuras! Não podemos ser consumistas ao ponto de considerar sequer colocar em risco o bem estar dessas futuras gerações. Temos que pensar de novo esta nossa sociedade, porque se não o fizermos os acontecimentos irão se precipitar e podemos depois perder o controlo das situações! Estou certo que a simplicidade, a honestidade e a dedicação resolvem muito destes problemas! Viva a Revolução… a cada dia das nossas vidas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s